Nos últimos anos, tem sido notável a volta de jogos clássicos na indústria dos videogames. Isso tem sido impulsionado pela crescente demanda dos jogadores por experiências nostálgicas. E um dos casos mais marcantes é a volta de Crash Bandicoot, um clássico da Playstation dos anos 90, que foi remasterizado para as novas gerações de consoles.

Entretanto, não é só a volta do jogo em si que chama atenção, mas a enorme influência que alguns jogadores, especialmente influenciadores, têm tido sobre essa volta. E nesse cenário, PewDiePie se destaca como um dos principais influenciadores a alimentar o fenômeno. A sua enorme audiência e o seu carisma têm ajudado a consolidar a volta de Crash Bandicoot como algo grande e marcante.

A nostalgia não é algo novo na cultura gamer. Se pensarmos em jogos como Super Mario Bros e Legend of Zelda, jogos icônicos dos anos 80 e 90, a nostalgia sempre esteve presente. Entretanto, o que mudou nos últimos anos é como essa nostalgia tem se transformado em um fenômeno capaz de guiar lançamentos e remasterizações de jogos.

A volta de Crash Bandicoot é um claro exemplo disso. O jogo foi remasterizado em 2017 e, desde então, tem sido um sucesso de vendas. O jogo em si é cativante, divertido e cheio de desafios. Mas o que impulsionou a sua volta foi a enorme quantidade de fãs, saudosos da época dos anos 90, que queriam reviver essa experiência.

E quem melhor para servir como porta-voz dessa nostalgia do que PewDiePie? O youtuber tem um público enorme e muito fiel, e sempre soube como explorar as oportunidades e tendências no mundo dos jogos. Com a volta de Crash Bandicoot, PewDiePie mostrou aos seus seguidores como o jogo era divertido e excitante, ajudando a reavivar a paixão que muitos sentiam pelo jogo.

Mas o fenômeno de remasterizações e da nostalgia não se limita apenas a Crash Bandicoot. Jogos como Resident Evil 2, Final Fantasy VII e Spyro the Dragon também tiveram remasterizações e/ou remakes para as novas gerações de consoles. E há um motivo para isso: os jogadores querem reviver experiências clássicas e sentir a mesma emoção que sentiam anos atrás.

E, em um mercado tão competitivo como o dos videogames, isso faz todo sentido. Os estúdios precisam de maneiras de atrair a atenção dos jogadores e chamar fãs de volta para suas franquias. E a nostalgia é um dos instrumentos mais eficazes para isso.

O sucesso de remasterizações e remakes de jogos clássicos mostra que a nostalgia é um fenômeno poderoso e intenso. E a influência de PewDiePie e outros influenciadores mostra como a cultura gamer tem sido moldada e influenciada por essas tendências. Agora, resta saber o que será do futuro dos jogos e como a nostalgia ainda irá afetar a indústria.